Carreira

Como começar como Freelancer ou Autônomo [eBook Completo]

Confira todas as dicas para ser um freelancer de sucesso

Quando você ouve os amigos falando que estão fazendo freela, parece uma escolha de vida tão fácil… afinal, trabalhar de casa, pegando só os jobs que interessam, ganhando relativamente melhor do que um trabalho com carteira assinada…

… mas a realidade é que você precisa ter muita disciplina, comprometimento e, claro, habilidades técnicas para ser um freela de sucesso. Só assim você realmente vai conseguir viver o sonho (e o luxo) de poder escolher seus trabalhos e ganhar a vida com isso.

Antes de começar, de fato, a atuar como um freelancer, alguns mitos devem ser desfeitos. Por isso, por mais que você já esteja na pilha para começar a vida de freelancer, dê uma olhadinha nesse conteúdo (e no e-book que indicamos ao final do texto) para ter consciência absoluta do que essa escolha significa.

E lembre-se sempre: freela não é uma versão mais “tranquila” de realizar um trabalho que você faria de carteira assinada. Na verdade, é exatamente o contrário – mas, se você fizer direitinho, pode ter um retorno muito positivo.

Mitos e verdades sobre a vida de freelancer

#1 Vou poder fazer o que gosto, na hora que eu quiser

Mito e verdade.

Quando você é contratado de uma empresa, deve fazer tudo o que está na sua pauta diária, e não pode ficar escolhendo o que quer e o que não quer desenvolver.

Se você vai trabalhar de freela, essa possibilidade existe, e você pode aceitar ou recusar trabalhos de acordo com seu interesse ou o retorno financeiro.

Contudo, é um mito essa história de “na hora que eu quiser”: se concordar em realizar um job, ele deve ter um prazo de entrega que você precisa honrar; afinal, não é porque você é freela que não é profissional.

E esse mito se desdobra em outro que é conhecido como uma das maiores mentiras que as pessoas contam sobre trabalho freelancer:

#2 Vou poder acordar tarde todos os dias

Mito, é claro.

Não é porque você se livrou do horário comercial de uma empresa que sua vida profissional vai começar todos os dias ao meio dia e terminar às quatro da tarde.

É preciso ter disciplina, foco e respeitar a realidade de que muitos de seus clientes trabalharão em horário comercial, e demandarão atividades e respostas às dúvidas dentro desse tempo diário.

A menos que você renda melhor de madrugada e não tenha que atender diretamente aos clientes, seja em reuniões presenciais ou respondendo a e-mails, não acredite na falácia de que dá pra acordar tarde, ver televisão, almoçar, cochilar e, só depois disso, começar a trabalhar.

Encare a vida de freelancer como: você só mudou o local de trabalho. O comprometimento com os horários (inclusive para criar disciplina) deve ser o mesmo.

#3 Vou ter autonomia de trabalho

Verdade.

Ao ser freela, você tem um briefing inicial, mas não tem chefe ou coordenador te mandando fazer alguma coisa. Isso, claro, representa uma certa tranquilidade para criar… mas, como diz o tio de um super herói famoso, com grandes poderes vem grandes responsabilidades.

Quando você tira de cena quem tira sua autonomia, é necessário ter ainda mais disciplina, foco e dedicação para realizar um bom trabalho.

O freela, geralmente, troca um chefe por vários, que são os clientes. Para que eles estejam sempre satisfeitos, dê o melhor de si.

#4 Estou com a vida feita

Mito, até se tornar verdade.

Seus amigos que são freelas podem ter horários mais flexíveis para a vida social e projetos pessoais, mas, se eles forem bem sucedidos, isso quer dizer que eles ralam pra caramba.

Não é a coisa mais fácil do mundo encontrar jobs dando sopa – se fosse, ninguém estaria trabalhando de carteira assinada, enfrentando trânsito e horários restritos em empresas que, muitas vezes, não são o sonho das pessoas.

Por isso, você vai ter uma caminhada que pode ser dura, no começo: pegar trabalhos que não gosta muito, ou que não pagam muito bem, para fazer portfólio é uma opção do começo da vida de freela. Quanto melhores forem os resultados, mais você consegue refinar suas ofertas e orçamentos para o futuro.

Tem gente que só trabalha de freelancer e ganha muita grana? Tem. Você pode ser uma dessas pessoas? Pode. Mas é errado pensar que isso vai acontecer da noite para o dia, principalmente quando o país vive em recessão econômica e as empresas sempre querem o máximo de trabalho freelancer pelo mínimo orçamento possível.

Mesmo com um cenário difícil no começo, não desista. Um dia você chega lá.

E, se você se profissionalizar como freela, esse dia pode estar mais perto do que nós imaginamos.

Como ser um freela mais profissional?

Existem muitas maneiras de se tornar um profissa na área dos freelas, e algumas delas podem encurtar o caminho até o seu estrelato.

Criamos um e-book com dicas muito legais – e úteis – sobre isso, baseadas em experiências de pessoas que são freelancers há muitos anos e já ganham a vida só com isso, provando que a profissionalização torna o sonho possível.

Para entender melhor o que estamos falando, você pode baixar gratuitamente esse material e, em seguida, dar uma olhadinha no nosso curso completo sobre Vida de Freela.

Sabendo os mitos e verdades desse artigo, conhecendo as dicas para viver de freela no e-book e assistindo ao conteúdo exclusivo do nosso curso sobre o tema, você estará ainda mais preparado para encarar esse desafio e começar sua carreira de freelancer com o pé direito.

Comentários (2)

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

    ×
    Ei! Se precisar de algo, estamos aqui pra te ajudar! :)