Coragem

Você já ouvir falar na micro-coragem?

“SOMOS AQUILO QUE FAZEMOS REPETIDAMENTE” 

Dizia Aristóteles.

Portanto, se você quer fazer mudanças profundas em sua vida, você precisa de ação.

A micro-coragem é uma prática matadora para você vencer seus medos a longo prazo. Isso porque nós sabemos que uma ação repetida muitas vezes resulta num presente magnífico, chamado hábito.

Imagine a história de Pedro:

Pedro é filho único e cresceu em uma família superprotetora. Teve acesso a tudo que necessitava e, como filho único, foi incentivado a não se arriscar, pois poderia ser perigoso.

Pedro cresceu ouvindo coisas como:

  • Desce daí, é perigoso;
  • Não fale com ninguém, para não incomodar;
  • Se você quer alguma coisa, me peça!;
  • Eu falei pra você não fazer isso!;
  • Evite falar com estranhos;
  • Nem pense em ir lá sozinho!
  • Cuidado!
Olha o Pedro aí

Pedro, sem opção, praticou o medo enquanto crescia: medo de se expor, se machucar, errar, explorar as coisas e o mundo.

Como você imagina que serão os padrões comportamentais do Pedro quando ele encontrar um novo desafio pela frente? Ou uma situação desconfortável? Ou precisar se virar por conta própria?

Provavelmente, de maneira inconsciente, Pedro vai ter medo de ser desaprovado com qualquer ação que ele tomar.

Agora imagine que, ao invés de práticas de boicote e desestímulo, Pedro crescesse ouvindo coisas como:

  • Pode subir aí, apenas tome cuidado;
  • Antes de conversar com as pessoas, pergunte se não está incomodando;
  • Se você quer alguma coisa, avalie se é certo e se responsabilize;
  • Eu falei para não fazer. Por que você fez mesmo assim?;
  • Aprenda a falar com todo tipo de pessoa;
  • Vá sozinho! Você consegue!

Se somarmos todos esses atos de superação e transgressão somados ao longo da vida, qual versão do Pedro teria mais medo de… fazer um intercâmbio? Ou de abrir sua própria empresa? Ou de pedir a menina dos sonhos em namoro?

Ter atos de coragem é questão de prática.

Ser corajoso é praticar muito.

Como trazer a micro-coragem para sua vida

A micro-coragem consiste em escolher várias pequenas coisas no seu dia a dia, que estão fora da sua zona de conforto, mas que não representam riscos reais – e agir.

Sua meta é ter pelo menos uma ação de micro-coragem por semana nas próximas 8 semanas. Mas a ideia é que não pare por aí! É que você consiga levar isso para a vida.

Vou dar algumas sugestões, mas você não precisa se apegar a elas, ok?

  1. Falar com alguém que você acha interessante, mas sempre teve vergonha de puxar papo. Pode ser para chamar para sair ou para uma reunião de trabalho;
  2. Praticar um esporte que sempre quis, mas sempre teve medo. Pode ser escalar, fazer circo, parkour, paraquedas ou algo que realmente te tire do sofá do conforto;
  3. Falar o que você sempre pensou (sem ofender ninguém, por favor) sobre um tema polêmico, sem temer o que os outros vão achar;
  4. Gravar um vídeo para suas redes sociais com a câmera em você. Tema livre, estou bonzinho. 🙂
  5. Fazer uma viagem sem conforto, sozinho/a. E não estou dizendo que você precise sofrer, mas que deve escolher algo para fazer sem guia turísticos, um hotel chique ou coisa do tipo. Uma viagem com você e seu lugar escolhido, somente;
  6. Falar em público sobre um tema do qual você não é especialista. Pode ser para sua família, amigos ou colegas de trabalho;
  7. Sair à noite, sozinho/a, e fazer amigos na balada, bares ou eventos sociais;
  8. Conhecer uma nova cultura sozinho/a. Essa parece difícil, mas é mais fácil do que parece: você pode visitar um ritual xamânico, uma mesquita, um centro de umbanda, um grupo de meditação budista e assim por diante.

E aí, o que achou dessa lista?

Será o suficiente para te acostumar a criar coragem?

A ideia é que você incorpore no seu cotidiano o ato de criar coragem. O ato de ter uma situação desconfortável em sua frente, que naturalmente você se negaria a fazer e, mesmo assim, se lançar a ela de corpo e alma.

As oportunidades de praticar micro-coragem vão surgir aos montes em sua vida, a todo momento. Você vai perceber. O que você precisa fazer é agir. Constantemente.

Agir, agir, agir e agir.

A soma das suas ações é que o que vai te transformar em alguém corajoso/a de verdade.

E aí, o que achou da prática da Micro-coragem? Me conta aqui nos comentários!

Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

×
Ei! Se precisar de algo, estamos aqui pra te ajudar! :)