Vida

8 Filmes para inspirar grandes decisões de vida

Recentemente publicamos a lista de filmes que inspiram um novo olhar sobre o mundo. Sucesso de público e crítica, me fez ver que #profissas por aí adoram investir algumas horas da vida no cinema, constatação que me encheu de ideias de pautas.

Dessa vez, resolvi ousar um pouco mais e te dar sugestões de filmes para guiar grandes decisões na sua vida.

Essa é mais uma lista que você não vai encontrar em nenhum outro lugar porque saiu da minha cabeça, na junção das minhas experiências. Te asseguro que elas podem, mesmo, inspirar em todos os quesitos abaixo, mas não garanto que elas darão a resposta sobre o que você realmente deve fazer em cada situação.

As escolhas são suas. Não as coloque sob minha responsabilidade. Ou sobre a do diretor do filme. ;-P

No mais, se algum desses assuntos está te pinicando no momento, de forma tão pungente que nem mesmo nosso querido e estimado blog dá conta de prover ideias de saídas, é hora de apelar para a sétima arte.

Para se declarar a um amigo

Um Dia (2011)

Baseado no homônimo livro incrível, de David Nicholls, que eu gostaria muito de ter escrito, “Um Dia” é aquele filme pra te socar o estômago quanto a questões do amor. Principalmente se quem tira seu sono é um amigo ou uma amiga e você ainda está naquela vibe de “não quero perder a amizade”.

Nele, Emma e Dexter se conhecem na noite da formatura, mas decidem manter a amizade pelos anos a seguir. Cada um no seu caminho, tentam descobrir se essa foi uma boa ideia.

Alerta lencinho: pode separar pelo menos uns quatro pacotes.

Um Dia no IMDb

Para começar um novo negócio

Joy – O Nome do Sucesso (2016)

Hoje em dia começar um novo negócio pode significar viver de freela, mas em 1990, outro dia mesmo, a coisa era um pouco mais complicada. Que o diga a inventora americana Joy Mangano, que precisou enfrentar um divórcio e uma família duvidosa de suas habilidades para conseguir dar os primeiros passos do que viria, anos depois, a ser um império.

Algumas noções que esse filme passa:

  • ideias só são lucrativas quando podem ser realmente úteis;
  • é preciso ter um bom discurso de vendas para garantir o sucesso;
  • resiliência é a palavra-chave da vida empreendedora;
  • Bradley Cooper é mesmo pau pra toda obra.

Joy: O Nome do Sucesso no IMDb

Para pedir demissão

Um Senhor Estagiário (2015)

Tem uma figurinha em Joy que também está em Um Senhor Estagiário, de quem eu gosto muito. Seu nome é Robert de Niro.

A história é basicamente essa: Ben é aposentado e quer preencher sua vida com algo útil. Então, se candidata à vaga de estágio em uma startup de moda que tem uma CEO bem “cultura de startup”: ocupada, exausta, entristecida.

Não viu ainda qual é a relação entre estagiar aos 70 ou pedir demissão? Te explico: esse filme mostra que não é tarde demais para recomeçar em algo que realmente te satisfaça e, ao mesmo tempo, nem tudo o que vale a pena aprender já lhe foi ensinado, não importa sua idade.

Então, sim, de repente é legal ir para uma empresa que te pague um pouco menos no início, ou estagiar em uma área que não é a sua de origem, para tentar encontrar seu lugar no mundo.

Parece slogan de Malhação, mas é a mais pura verdade.

Um Senhor Estagiário no IMDb

Para pedir alguém em casamento

Amor sem Escalas

Taí um filme que sempre aparece nas listas de filmes sobre carreira, empreendedorismo, escolhas profissionais, demissões… mas que eu prefiro te indicar se você estiver pensando em pedir alguém em casamento.

Ele até fala de relacionamentos (ou a falta deles), mas, para mim, o momento estalo é uma cena de diálogo entre as atrizes Vera Farmiga e Anna Kendrick. Você vai saber do que estou falando quando essa cena acontecer. Ela é reveladora, estilo: gosto mesmo dessa pessoa ou me acostumei com ela? Por que gostaria de passar o resto da vida ao lado dela?

Preste atenção nesse diálogo, porque ele não dura mais do que cinco minutos. Depois, faça o que achar que deve ser feito.

Amor sem Escalas no IMDb

Para sair de uma fossa amorosa

O Lado Bom da Vida (2012)

Esse é o momento do artigo em que fica claro que eu sou meio obcecada por Jennifer Lawrence, Robert de Niro, Bradley Cooper e filmes baseados em livros que gostaria de ter escrito.

O Lado Bom da Vida me tomou três dias de leitura e me fez comprar o DVD, coisa que não fazia há anos. Conta a vida de Pat, um professor e ex-casado (deixo assim para não dar spoilers) que surta e precisa de ajuda médica para se recompor.

No meio do caminho ele encontra Tiffany, uma viúva tão surtada quando ele. O objetivo de Pat, que é sempre ver o lado bom das coisas, encontra um foco nessa nova amizade.

Imperdível, inimaginável e com uma trilha sonora que vai te enfiar na fossa para te tirar dela de uma só vez. Pode confiar.

O Lado Bom da Vida no IMDb

Para decidir por uma carreira

O Diabo Veste Prada (2006)

Esse clássico, no qual John Krasinski é obcecado, é perfeito para todo mundo que quer se divertir com um bom filme (tem duas das minhas preferidas, Anne Hathaway e Meryl Streep), mas, principalmente, para quem ainda não escolheu uma carreira – ou quer mudar de profissão.

O Diabo Veste Prada é sobre uma jornalista estagiando em uma revista de moda e vendo um novo mundo se abrir para ela – mas um mundo no qual não cabem seus propósitos de vida.

As reflexões que o filme traz vão desde o equilíbrio entre vida pessoal e profissional até o famoso “você sabe onde está se metendo?”. Precisamos ter cuidado para não ver ou focar apenas no glamour das profissões que nos chamam a atenção, porque não existe sucesso fácil.

Toda carreira tem prós e contras, todo emprego tem perrengues. Contudo, a base de equilíbrio, permeada nas escolhas que você faz, estará sempre ao seu alcance.

O Diabo Veste Prada no IMDb

Para sair pelo mundo

P.S.: Eu te Amo (2007)

Uma esposa que se preocupa o tempo todo em ter uma vida adulta responsável. Um marido que percebe que talvez ela esteja exagerando. Uma doença. Uma morte. Muitas cartas.

É assim que começa esse filme lindinho que vai te fazer sair viajando e começar tudo pela Irlanda. Baseado em um livro delicioso de ser lido, de Cecila Ahern, PS: Eu te Amo é sobre fazer as coisas que você quer enquanto ainda há tempo.

Não deixe nada pra depois, porque geralmente isso significa “nunca mais”. Faça o planejamento, inclusive financeiro, de seus sonhos e persiga a meta de conquistá-los com unhas e dentes. Se eles envolverem sair pelo mundo apreciando as paisagens, melhor ainda.

O mundo é grande. Não vale a pena passar por aqui e ir embora sem conhecê-lo.

P.S.: Eu Te Amo no IMDb

Para tirar um sabático

Na Natureza Selvagem (2007)

Ter dinheiro, um bom emprego, bons relacionamentos e o carro do ano é o combo dos sonhos de muita gente. Quando nada disso é o suficiente, talvez seja hora de um pouco mais de aventura.

Na Natureza Selvagem mostra que, às vezes, tudo o que a gente precisa é de uma boa meta e de coragem. Se distanciar das crenças limitantes – que, geralmente, permeiam nossos meios sociais – é uma boa forma de criar as duas coisas.

E, nesse quesito, nada bate um bom sabático, que é o tempo que você tira para focar em si mesmo e no que realmente quer. Pode durar uma semana, um mês, seis, um ano. Quem delimita o tempo é você.

E o filme em questão mostra que, no fim das contas, correr riscos que te fazer mais feliz do que uma vida inteira de falsas comodidades.

Na Natureza Selvagem no IMDb


Pronto, a lista está aí!

Agora vá tomar suas decisões – e venha me contar se algum deles te inspirar real/oficial? Quero muito saber sua opinião, além de ganhar de você sugestões de outros filmes para mais decisões.

 

Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

×
Ei! Se precisar de algo, estamos aqui pra te ajudar! :)